Imagem - Luxo é ser do bem

Joalheria gaúcha‎ realiza sonho de modelo “Down” ao lançar campanha "LUXO É SER DO BEM".


A jovem conseguiu o seu primeiro cachê depois de fotografar para a Dvoskinkulkes.


Aos 20 anos, a gaúcha Bruna De Franceschi Brandolt acaba de realizar o sonho da maioria das meninas da sua idade: ter uma chance como modelo profissional. A adolescente conseguiu o seu primeiro cachê depois de fotografar para a campanha "LUXO É SER DO BEM", idealizado pela joalheria Dvoskinkulkes em parceria com o Instituto Social Pertence, Entidade sem fins lucrativos que atende pessoas com deficiência em vulnerabilidade social e econômica.

Com unidades nos shoppings Iguatemi, Moinhos de Vento e Barra Shopping Sul, a empresa criou uma joia exclusiva em prol do Instituto, onde 50% do valor arrecadado com a venda do adereço de luxo seria doado para a Entidade. “Em uma conversa com a Dvoskinkulkes, o Pertence falou do sonho da menina em ser modelo por um dia e a joalheria aceitou o desafio de tornar esse desejo realidade. Quando mostramos as fotos da Bruna eles foram taxativos: ela encabeçaria a divulgação de outras joias da loja também”, conta Geniane Pereira.

A produção contou com a parceria de muitos outros anjos que se somaram ao projeto da Pertence que tem como objetivo estimular os participantes a viverem suas próprias histórias de vida com independência. A fotógrafa Lua Luna fez os cliques; Marina Sant’Anna fez toda a produção de moda e a loja WAS emprestou os looks. Bruna Zanatta, da Maison 31, ficou sabendo dessa movimentação e se uniu à ação disponibilizando profissionais para fazer o cabelo e a maquiagem da modelo, assim como o fotógrafo Daniel Schinoff, que fez o making-of. Geniane lembra que todos os envolvidos na ação participaram do projeto de forma voluntária. “Mas a modelo recebeu seu primeiro cache”, conta com o olhar brilhando de felicidade.

O pingente em ouro 18k está disponível por 580 reais e poder ser pago em até 3X sem juros.

 

Texto: Tatiana Feldens